... finda a bonança, e chegada a tempestade que cercava, o que resta é abandonar as armas
e retomar a luta ...

domingo, 1 de maio de 2011

:::tento não me prender:::

::: la victoire dans la ville :::

MAIS ALTO


Mais alto, sim! mais alto, mais além
Do sonho, onde morar a dor da vida,
Até sair de mim! Ser a Perdida,
A que se não encontra! Aquela a quem

O mundo não conhece por Alguém!
Ser orgulho, ser águia na subida,
Até chegar a ser, entontecida,
Aquela que sonhou o meu desdém!

Mais alto, sim! Mais alto! A Intangível
Turris Eburnea erguida nos espaços,
À rutilante luz dum impossível!

Mais alto, sim! Mais alto! Onde couber
O mal da vida dentro dos meus braços,
Dos meus divinos braços de Mulher!

Florbela Espanca

(... aos imagináveis braços alçando vôo de Atena Niké...)

7 comentários:

Karla Mello disse...

Paula, poetisa flor...
O teu espaço de poesia é deveras repletinho de amores. De extremo bom gosto... como tudo o que parece com o teu jeito.
Feliz por visitá-la... E seguindo-a... com muito carinho e admiração ao vosso trabalho!!
Muita LUZ a você!! ♥¸.•*´¯) ♥

Karla Mello ♥¸.•*´¯) ♥

Paula Quinaud disse...

Karla,
fico realmente feliz em tê-la aqui e mais ainda com essas palavras.
Saiba que o seu trabalho está presente aqui desde o início como blog amigo.
um bj,
Paula

carlosminchilo disse...

Muito, muito, muito bonito o Blog, está a sua imagem e semelhança. Um beijo no seu coração e muito, muito, muito sucesso!
Carlos Minchilo Quinaud.

carlosminchilo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Michelle Minchilo disse...

`Como é bom, ler suas palavras... o tanto bom que é sentir o verde da grama nos pés... o vento trazendo cheirinho de mato molhado... o chocolate derrentendo na boca... melhor? seria escutá-las de sua voz, acompanhada por todas essas delícias!!!!
Te amo!!!!
Bjs!

Paula Quinaud disse...

Carlos, nem sei como agradecer a força e o companheirismo sempre...
meu parceiro na vida, na arte, no amor... te amo

Paula Quinaud disse...

Mi, fiquei muito feliz em ter você aqui... é muito bom quando alguém encontra o caminho de expressar o que sua alma tem de melhor. eu busco o meu nas palavras, você no que a vida tem de mais doce...
também te amo muito!